O presente exercício pretende fazer os jogadores tomar decisões de âmbito ofensivo e defensivo.

Numa situação de ataque em superioridade numérica mas em que a linha defensiva se posiciona "baixo", dificultando a progressão para a baliza, criam-se condicionantes como número de passes efectuados em determinada zona para que sejam os próprios jogadores a comunicar e tomar decisões entre si. Tal como acontece no jogo...

 

Número: Gr + 6v5 + Gr
Descrição: Organização ofensiva nas duas últimas fases: penetração e finalização. A equipa azul (que joga numa estrutura 4-2) deve encontrar espaço para penetrar na linha defensiva adversária. Para evitar que a equipa amarela jogue tão "baixo", o treinador define que a cada 5 passes nos quadrados vermelhos conta como golo para os azuis. Se os amarelos recuperarem a bola nessa zona marcam um ponto também. De resto o jogo processa-se de forma normal.
Objetivos (azul - prioridade):

 

A representatividade no exercício das ideias que o treinador tem para o "jogar" da equipa são condição fundamental para um processo de sucesso.

Periodização sistémica no futebol

Descrição sumária da formação:

A metodologia de treino em futebol tem nos últimos anos sofrido uma grande evolução, muito em função de modelos de periodização distintos que tanto sucesso têm proporcionado aos treinadores que os desenvolvem.
Os dois casos mais flagrantes são de facto o de José Mourinho e de Pep Guardiola. Periodização táctica e Entrenamiento Estructurado são duas perspectivas com princípios bem distintos mas que se suportam numa mesma evidência: o futebol é complexidade.

Conteúdos:

- O que é a prespectiva sistémica (10h-10:30h):
- História da visão mecanicista | Influência no entendimento dos sistemas | Introdução do pensamento sistémico
- Complexidade vs Futebol (10:30h – 11h):
- Paralelismo entre pensamento complexo/relacional e futebol
- Periodização do treino – evolução (11h -12h):
- Modelos de periodização convencionais | Novas tendências
- Periodização táctica vs Entrenamiento estructurado (12h – 13h):
- Diferenças concepto-metodológicas entre os dois modelos de periodização – da génese à aplicação prática
- Fatores de rendimento – modelo relacional (14h - 15h):
- Treino à luz da perspetiva sistémica – relação entre estruturas que conformam o atleta (o todo que está no todo)
- Microciclo como unidade básica de periodização (15h – 16h):
- Utilização de modelos curtos de periodização (microciclo) para fazer face à exigência aual
- Aplicação prática com exercícios de treino (16h - 18h)

 

 

Copyright © 2019
COACH ID - Team Sports Management
close linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram